Cor do Céu

Olá inspiração!

Quantas vezes olhaste para cima, para o céu que te envolve e refletiste sobre as suas cores? Nessas cores, deixaste o teu pensamento se envolver e talvez até ir ao encontro dos seus tons. Cada cor, cada sombreado, cada nuvem, cada “risco” observado te levou a um sentimento. Talvez nem tenhas percebido, mas ao olhares para cima, já estavas a ir ao encontro de um sentimento, de uma emoção. O que acontece muitas vezes é que o fazemos quase irrefletidamente, automaticamente, como quem apenas se movimenta na direção que lhe foi proposta.

O céu, estará sempre lá. As cores, nunca são iguais. Os sentimentos, esses, podem repetir-se, mas não terão (possivelmente) a mesma intensidade ou o mesmo motivo que os despoletou.

Há dias em que, apesar de existir uma panóplia de cores e tonalidades, apenas consegues observar os tons mais sombrios. Outros dias haverá que apesar de haver muita escuridão no céu, tu focas-te naquele espaço onde há luz.

A escolha será sempre tua. O que expressas dentro de ti, vai revelar-te. O desenvolvimento de estratégias internas para que possas viver em harmonia vem de dentro de ti. Podem ensinar-te a fazê-lo, mas será sempre dentro de ti que encontrarás a manifestação dos teus sentimentos e é com esses que tens de viver. Então, não estagnes. Não te limites. Não foques uma nuvem mais negra, quando mesmo ao lado existe um azul celeste iluminado. Haverá sempre um outro dia, um novo amanhecer, uma outra perspetiva que te ajudará a continuar. Desenvolvendo de forma consciente a tua sustentabilidade neste mundo terrestre. Esse caminho deve ser feito de luz e plenitude. Felicidade.

Eleva-te. Olha para cima e observa, tudo se encontra em movimento. Não fiques parado/parada.

Um sorriso,

à melhor versão de Ti!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top