À melhor versão de ti

Ser ou não ser, eis a questão!

Olá Inspiração!

O mês de Janeiro é dedicado a “Objetivos”. Não sei se a maternidade pode ser considerada um objetivo. Para mim não foi nem é. Diria antes que a vontade de ser mãe veio de cá de dentro, de uma tal profundidade do meu ser, que desconhecia existir.

Nos dias que vivemos, observo que muitas mulheres optam por não ter filhos. Não nos cabe a nós dizer se está certo ou errado, é a visão que cada um tem para o seu caminho neste mundo. Tanto quanto sei, está tudo certo!

Mas para as mulheres que querem ser mães ou que já são mães, as nossas perguntas são as seguintes: 

O que te motiva ou motivou a querer ser mãe?
Quando e como reconheceste em ti a vontade de ser mãe?
O que representa para ti a maternidade?
Como te (re)vês a exercer este papel?
Que tipo de educação te vês a praticar?
Quais são as tuas intenções como mãe?
Se já és mãe, consideras que há aspetos que gostavas de melhorar?
Queres ajudar os teus filhos a que também eles desenvolvam diariamente a melhor versão si?

A maternidade é um processo de descoberta. Antes de se ser mãe há toda uma maternidade idealizada que nem sempre se consegue cumprir. Há diversos aspetos a ter em conta, há emoções que não estavam consideradas na equação, há uma criança que ganha vontade própria à medida que vai crescendo e, por isso, considero que é um processo de aprendizagem, de descoberta, de aceitação e de conexão, seja em relação à criança, seja em relação a nós próprios.

Se consideras que estás a falhar em alguma coisa, deixa-me tranquilizar-te. Não existe perfeição e o melhor que podemos fazer é conectarmo-nos com o coração.

Sim, há estratégias que podem ajudar a que exerças uma maternidade sem tantos tropeços, sem tanto stress e de forma mais positiva, em que estabeleces uma relação de conexão com os teus filhos e é por aqui que te queremos acompanhar ao longo do ano no Inspira Parentalidade.

Tal como referi no início, este mês é dedicado a objetivos. As Marisas vão dar-te dicas e questões em que deves refletir. Queremos que ajudes os teus filhos a superar dificuldades e que se tornem crianças e jovens com uma excelente autoestima e autoconfiança. Sabemos que o teu papel é de extrema importância e que, se ainda não te deste conta…Esta é  MISSÃO mais importante que tens em mãosAjudar uma criança a crescer saudável, física, emocional e espiritualmente. 

Provavelmente, ao longo do ano, vais questionar algumas crenças que te limitam, que te foram transmitidas desde tenra idade. Podes até estar a repetir padrões que não são teus. Podes perceber que afinal estás a fazer tudo bem e que simplesmente não controlas todas as variáveis. Seja como for, confia no processo, confia que tens em ti todas as capacidades para exercer a maternidade a que aspiras e, como diz Rita Aleluia, não é sobre perfeição, é sobre conexão.

Estamos contigo nesta viagem, junt@s vamos crescer como mães e vamos ajudar os nossos filhos no seu desenvolvimento.

Um sorriso,

Inspira Parentalidade!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s