À melhor versão de ti

O caminho é a meta!

Olá Inspiração!

Parabéns! Se chegas até nós, significa que de alguma forma, no teu interior já te decidiste por ti. Já deste o passo mais importante desta caminhada pelo teu desenvolvimento pessoal.

O nosso objetivo não é o de mudar radicalmente a tua vida e sim, inspirar-te na busca de uma melhor versão de ti, quem sabe, mostrar-te alguns caminhos, algumas formas de buscares o teu verdadeiro Eu, para que possas viver de uma forma mais saudável, que faça mais sentido à tua existência.

Partindo do pressuposto de que não existe uma Verdade Única, que existem antes muitas verdades, que cada um de nós tem a sua, é a partir daqui que que vais dar inicio à tua jornada. A tua verdade está diretamente relacionada com as tuas experiências, com o teu percurso de vida, com as tuas crenças e valores, por isso, não existe certo nem errado, não existe uma verdade melhor do que outra. É simplesmente a Tua Verdade.

Seja autêntico! Ainda que erre. Pois há mais esperança de transformação na autenticidade do que na hipocrisia.

Márcio Otniel

Para que seja sustentável para ti e te mantenhas no rumo, procura dedicar alguns minutos por dia ao teu Eu, 5 minutos são suficientes e mais valem 5 minutos diários aplicados de forma consistente, do que dedicares 1 hora de lés a lés.

Se gostas de escrever, podes aproveitar estes 5 minutos para “atualizares a tua vida”, escrever sobre o que está a acontecer, vai permitir-te ganhar uma nova perspetiva, tens a oportunidade de olhar para os acontecimentos como observador ao invés de participante e quem sabe, fazer opções e tomar decisões de forma mais consciente e sem as emoções associadas.

Também podes usar esse tempo para meditar. A meditação trás imensos benefícios – promove a diminuição do stress, ansiedade ou depressão, proporcionando a sensação de paz e equilíbrio, desenvolve o foco e a concentração, oferece o relaxamento dos sistemas nervosos e com isto a redução da pressão arterial. Uma vez que potencia o relaxamento, ajuda no alívio das insónias. Permite-nos conectar com as nossas melhores qualidades, trabalhar os nossos pensamentos e direcionar a atenção para o que realmente importa. Com isto estamos a promover o aumento do bem-estar, da felicidade e até da paz de espírito.

Podes transformar estes Teus 5 minutos num momento de gratidão, direcionando a tua atenção para os aspetos positivos do teu dia. O pensamento e gratidão têm poder, têm energia que pode transformar o teu dia e quem sabe a tua vida.

Muitas vezes neste teu tempo, descobres que existem coisas que sempre sonhaste fazer e nunca te arriscaste. Talvez seja este o tempo, talvez seja o teu inconsciente a dizer “é hora”. Talvez queiras transformar comportamentos que já não te servem, que não refletem quem és, mas que por hábito tens dificuldade em deixar ir . Neste caso talvez precises aplicar algumas técnicas para desbloquear esse “hábito”. Talvez descubras que precisas perdoar-te. Talvez descubras uma nova versão de ti, uma versão melhorada, uma versão livre.

O caminho vai-se revelado à medida que caminhas. Não à um principio e um fim. O caminho é a meta.

Um sorriso,

À melhor versão de Ti!

Fios do meu cabelo…relógio do tempo…

Nitrato de prata monocromática

De raízes longínquas e ancestrais

Fios longos esfiam histórias

Fragmentos, partículas de memórias

Espalhando encanto e tormentos

Na borda contida, fragmentos dos tempos

De mágoas esquecidas, alegrias sentidas

Chorrilho de vivências e experiências

Resumem-se ao preto e branco

Como no Universo, ou é yin ou yang

De preto e branco, vestindo Prada

Guernica de linhas cruzadas

Intrínsecas, ilegíveis, escondendo

Em sentimentos sobrepostos

Factos verosímeis em cascata

Com os meus 57 anos, sinto-me maravilhosa e estonteada com os fios brancos no topo da minha cabeça, declaradamente mostrando ao Mundo, as experiências da vida vivida, sofrida, sentida, curtida… e mais um imensidão de adjetivos de chorrilham pela minha existência terrena, alavancando sabedoria e acumulando conhecimento, em simultâneo, com algumas repetições por esquecimento, algumas falhas de memória, palavras ou nomes que teimam em não chegar no momento e a audição, que chamo ironicamente de seletiva, permitem-me perceber que o meu auge e a minha pujança já não são o que eram.

Mesmo assim, avaliando, pesando e contrapondo, … não voltaria ao auge e à pujança do passado, amo a ternura dos 50 e a vontade infinita de fazer coisas e experienciar novos desafios, nesta fase, muito além dos profissionais, desprovida de qualquer vergonha ou timidez, encontrar o Amor e amar sem reservas, procurar o desconhecido, desbravar barreiras, ultrapassar pudores, romper padrões, gritar ao Mundo o que me vai na alma, …

Recomendo: elaboração de uma lista contendo: pessoas a amar, locais a visitar, experiências a viver, livros a ler e filmes a ver, concertos a ouvir, paladares a sentir, … enfim tudo que faz sorrir

Àmagi(N)a

Scroll to Top