evolução

Incondicional, o meu amor por ti…

Olá Inspiração!

Quando coloquei a possibilidade de ser mãe, não sabia muito bem o que isso implicaria. Quer dizer, tinha uma ideia, uma versão idealizada, diria até romântica, da mãe que seria.

No dia em que soube que te esperava, a sensação foi mágica! Sentia-me a flutuar, a felicidade invadira-me de formas inesperadas. Tirei fotografia ao teste que, com muito carinho, guardo até hoje e que um dia te mostrarei. Não cabia em mim de alegria.

Partilhar a noticia com o pai, ver a felicidade estampada no seu rosto, é um momento que está eternizado na minha memória.

Eras ainda uma sementinha que crescia dentro de mim, mas o meu amor por ti, já naquela altura, aumentava segundo a segundo!

Amor maior by asmarisas

A barriga foi aumentando, fui-te vendo crescer através de fotos a preto e branco, a minha barriga ficou enorme, literalmente cheia de AMOR! Emocionei-me a cada ecografia!

No dia que em que te trouxe ao mundo…meu Deus! Que Ser tão pequenino! Tão Linda, tão perfeita! Tão minha! O meu Coração fora de mim!

Foi aí que percebi a dimensão, o Amor incondicional. A responsabilidade que assumi perante ti, dar-te a mão ao longo do teu caminho e ajudar-te a cumprir o teu próprio propósito.

Acredito que me escolheste para tua mãe, porque sou o Ser mais indicado para te ajudar no teu caminho, na tua evolução, mas também porque és o Ser que me ajudará no meu crescimento, a cumprir o que me propus.

Por ti, todos os dias procuro desenvolver a melhor versão de mim. Ninguém me ensinou a ser mãe e tu não vieste com livro de instruções. A minha melhor experiência aconteceu há muitos anos atrás e é a que tu praticas nos dias de hoje, brincar com bonecas, simular as situações do dia a dia.

Gosto de te ver brincar, de te ver crescer, estás a crescer muito rápido!

Foste sempre linda, mesmo sendo eu extremamente suspeita, ainda assim, quando olho para ti, vejo uma menina extraordinária, por dentro e por fora. Todos dias me ensinas coisas, tenha eu a humildade de aprender.

Quero que saibas que te vejo, que te oiço e acima de tudo, que procuro sempre, mas sempre ir ao teu encontro.

Um sorriso,

Inspira Parentalidade!

Censuras-te?

Olá Inspiração!

Quantas vezes foste demasiado exigente contigo mesmo? Quantas vezes te censuras ao ponto de te criticares e de não perdoares os teus erros?

Às vezes, somos demasiado exigentes connosco e esse nível de exigência pode impedir-nos de agir e/ou de recuperar das situações. O mais importante de tudo é saberes perdoar-te e conseguires encarar os erros como verdadeiras oportunidades de aprendizagem para, assim, conseguires evoluir e florescer.

Mas, é importante que saibas que a aprendizagem e o desenvolvimento pessoal e emocional acontecem quando nos tornamos verdadeiramente conscientes das situações, ou seja, quando tomamos consciência da forma como nos sentimos perante os acontecimentos e de como reagimos. Aprendemos realmente quando procuramos fazer uma introspecção interna, quando equacionamos a nossa ação, os nossos pensamentos e convicções.

Depois da tomada de consciência, toca-nos “observar” de fora a forma como agimos, as estratégias que utilizamos e os recursos que colocamos em prática.

Este processo de tomada de consciência e de observação é essencial. Quando fazemos uma reflexão sobre as situações ganhamos uma nova percepção sobre as coisas. Este tempo permite que nos tornemos capazes de compreender quais foram os recursos internos que utilizámos e quais os que ficaram por utilizar. Desta forma, conseguimos procurar outras estratégias e equacionar se poderiam funcionar melhor naquela situação.

Ter a coragem de agir conscientemente perante as situações, é tomar as rédeas do teu comportamento.

Lembra-te, não há erros nem fracassos, tudo é feedback, tudo são experiências.

Um sorriso,

à melhor versão de Ti!

Scroll to Top